sábado, 12 de setembro de 2009

Os artistas do Pick up

Já por duas ou três vezes tenho falado nuns “bichos” chamados “Pick Up Artists” e hoje pensei que seria interessante falar um pouco mais sobre esta malta.

Ok, o que é exactamente um pick up artist? Antes de mais vamos definir o nome. “Pick up” é a expressão que designa “levantar”. Não é o levantar o corpo, é mais tipo o ir levantar um livro à biblioteca. Um pick up artist pode assim ser definido como um “artista” que vai a um sítio qualquer “levantar” o que, supostamente, é dele.

Um pick up artist é um especialista em ir buscar/levantar uma mulher. Sem nunca a ter visto na vida. Em qualquer situação ou contexto. Esteja ela acompanhada por meia dúzia de marmanjos 4x4, acompanhada com meia dúzia de amigas ou esteja ela, simplesmente, sozinha. E esteja ela onde estiver. Na rua, numa discoteca ou numa igreja. Tudo, absolutamente tudo, foi pensado ao milímetro. Eles têm reacções preparadas para tudo o que há debaixo do sol e mais um par de botas.

Reduziram as coisas a uma ciência tal que são capazes de sair à rua e “engatar” uma mulher como tu e eu saímos para ir comprar um litro de leite ao supermercado.

Para um homem desses não importa se o que ele está a fazer é pura manipulação. Desde que ela goste, está tudo bem. A única coisa que importa são mesmo os resultados. Um pick-up  artist dir-te-á para não revelares a tua idade e para manteres em segredo a maior parte da tua vida porque sabe que isso cria uma aura de mistério que as mulheres adoram. Ele tem sempre uma resposta esperta na ponta da língua, ele cataloga as mulheres que conhece entre 0 e 10 sendo que 0 é uma mulher fisicamente feia e 10 é uma top-model, ele pode levar uma mulher para casa e por o ar condicionado no máximo para a mulher ser “obrigada” a tirar roupa. Ou seja, não é que ele bata nas mulheres ou que as encoste à parede, ele simplesmente arranja o terreno para se certificar de que obtém o que quer. Mas principalmente: Ele joga muito com as inseguranças da mulher porque sabe que este é um dos maiores pontos fracos dela.

Isto resulta? Olá se resulta...

Ele sabe que resulta e está muito confiante em relação a isto porque estas conclusões foram todas tiradas “no terreno” por ele próprio. Ele saiu com centenas ou milhares de mulheres e testou isto tudo. Ele sabe que se disser “na brincadeira” (mas com cara séria) a uma mulher com baixa auto-estima: “Sapatos giros. Deviam ser mesmo bonitos quando eram novos...” ou “Não havia lá para senhora?” ou gozar com o penteado dela ou algo que ele consiga entender que é uma coisa sobre a qual ela é insegura, vai chegar a altura em que ela vai ficar a pensar se ele está mesmo a falar a sério (É inevitável) o que por sua vez leva a que ela comece a “persegui-lo” e a deixar-se dominar por ele.

Normalmente um pick up artist “profissional” fala com qualquer mulher e dá-lhe um bailinho que ela vai pensar que um camião com os máximos ligados acabou de passar por ela a toda a velocidade. Depois de duas ou três interacções ela fica completamente abananada. Ele estudou de tal forma a natureza da mulher e as suas respostas inatas que nem sequer importa como ela vai reagir porque ele já tinha pensado nessa reacção muito antes de estar ali com ela e por isso já sabe qual é a forma mais airosa de reagir. Ele tem histórias para contar em determinados momentos, ele sabe como funcionam as dinâmicas entre homem e mulher e ele vai deixá-la a salivar por mais.

Portanto, é isto que é um pick up artist. E é isto que, geralmente, alguém encontra quando está a tentar “reparar” a sua vida amorosa. Eu que o diga...quando comecei a estudar estes temas da atracção dei logo de caras com um “big shot” destas andanças, chamado David DeAngelo.

Só aprendi tretas? Claro que não. Eu não digo que eles sejam tudo aquilo que deves evitar...com os pick up gurus aprendi montes de coisas interessantes. Foi aí que tomei conhecimento, por exemplo, do tema “Linguagem Corporal”, foi com eles que ganhei novamente a coragem para iniciar interacções com qualquer rapariga que me interessasse em vez de ficar a olhar e a pensar que devia ir lá falar com ela até a discoteca fechar e na verdade foram eles a minha rampa de lançamento para esta viagem inter-galáctica. Foi aí que abri os olhos para um mundo completamente desconhecido até então.

Ou seja, como inicio de conversa, já vi coisas bem piores. Talvez o maior problema destes homens seja mesmo o facto de usarem o imenso conhecimento e potencial que têm de uma forma muito pouco ética e muito manipulativa. Eles estudam as mulheres ao ponto de conseguirem fazer o que querem delas em vez de se estudarem a eles próprios para conseguirem ser o que as mulheres que eles querem, desejam.

Porquê? Porque é mais fácil assim.

É muito mais fácil tentarmos mudar/controlar uma pessoa do que sermos nós a adaptarmo-nos a ela.

Grande parte do conhecimento que adquiri nessa altura tinha precisamente que ver com manipular a mulher de forma tão subtil que não só ela não notaria como ainda me viria agradecer por tê-la manipulado.

Esta manipulação só pode ter lugar porque nós, enquanto seres humanos, somos entediantemente previsíveis.

E a maioria das mulheres são MUITO previsíveis. Comprovei isto vezes sem conta na altura em que seguia os ensinamentos do tal DeAngelo. Se eu fosse uma pessoa de mau íntimo que quisesse aproveitar-me das mulheres tinha conhecimentos suficientes para as manipular da forma que eu muito bem entendesse. Se eu estivesse aqui para seguir essa linha de acção, bastavam-me 10 minutos de conversa com um homem “normal” para aumentar as chances dele engatar alguém em 200%.

É claro que as mulheres que estão a ler isto estão todas a pensar “Está bem abelha...tinhas cá uma sorte” ou “Comigo não seria bem assim!” o problema é que as que eu vejo quase todos os dias a cair nesta esparrela dizem todas exactamente o mesmo...

É claro que ninguém gosta de admitir que é previsível. Todos gostamos de pensar que somos únicos, diferentes, especiais e que não fazemos parte do “rebanho”. Os homens por exemplo perdem horas a pensar em frases de engate completamente originais, apenas para descobrir que a mulher já ouviu aquilo duas dúzias de vezes só esta semana. Os homens são previsíveis.

E as mulheres são previsíveis. A forma de se comportarem quando um homem vai falar com elas é previsível, as revistas e os livros que lêem são completamente previsíveis. As editoras sabem isto muito bem e aproveitam este conhecimento para vender mais. As novelas batem na mesma tecla há anos a fio mas se perguntares a uma mulher ela dir-te-á que todas são diferentes.

É chover no molhado.

Ok, agora que já não há mulheres a ler este post podemos continuar :)

Isto não é nenhum ataque às mulheres, só quero que entendas que tens uma natureza que está a ser estudada para te iludir.

Os pick-up artists nasceram da procura dos homens por mulheres não nasceram da necessidade desses homens quererem evoluir e tornarem-se homens de qualidade que atraem naturalmente as mulheres.

Os pick up artists surgiram devido à lei da procura e da oferta. Se as pessoas querem casas aparecem empresas de construção, se querem carne de vaca aparecem quintas e matadouros e se querem mulheres aparecem pick-up artists. Seguir os ensinamentos dos pick-up artists é a garantia de que vais conseguir arranjar uma mulher da mesma forma que uma quinta com matadouro é a garantia de que vais conseguir arranjar costeletas de vaca.

De que qualidade? Não se sabe...a única função de um matadouro é cortar carne, é a quantidade...aquilo são produções em grande escala e não dá para estar com grandes escolhas. Se queres qualidade precisas de contratar um Técnico Superior da Qualidade tal como quando precisas-te de carne contratas-te trabalhadores de linha.

Isto remete-nos para a estocada final:

Normalmente estes homens estão sempre rodeados de mulheres lindas e têm muito sucesso no campo afectivo.

E este sucesso fácil é também aquilo que prova que eles não podem, de maneira nenhuma, estar a lidar com mulheres de qualidade. (Logo, eles próprios também não são homens de qualidade)

Confuso?

Então pensa lá bem. Achas que existem muitas mulheres de qualidade? Se achas que sim, estás enganado. Uma mulher verdadeiramente assombrosa, feminina e de uma qualidade pura e ímpar é alguém muito difícil de encontrar. Aparece para aí uma ou duas em cada 1000. E com os homens é igual. Isto são quase uns potes no fim do arco-íris.

Como poderia então um homem encontrar assim tantas mulheres de qualidade tipo Rei Midas e o seu toque dourado? Simples, não pode.

As mulheres de qualidade são muito poucas e certamente que ele não ia encontrar meia-dúzia no bar lá do bairro.

Portanto tudo se resume, mais uma vez, a uma pergunta basilar: Queres quantidade ou queres qualidade?...

David Veríssimo

planeta.marte@portugalmail.pt ou planeta.venus@portugalmail.pt

11 comentários:

Anónimo disse...

É verdade, toda a gente é muito previsível em muitos aspectos, principalmente no que diz respeito à interacção com o sexo oposto, dai ser tão fácil para quem se quer dar a esse trabalho... Muito interessante, começo a gostar de vir aqui :-P. É bom ver que existem pessoas que pensam..ainda por cima do sexo masculino (sem ofensa:-).
mónica

Anónimo disse...

Olá,

parabéns pelo post e pelo blog. Descobri o blog às uns dias e nesse dia fiquei tão interessado que li os posts todos do blog, desde então venho ao blog todos os dias ver se encontro algo de novo.

Bem... focando-me agora neste post. Penso que cada um é livre de escolher o que quer da vida. Uns querem a tal quantidade, outros a qualidade. Mas os que querem a quantidade irão ver que ao passar do tempo isso não os vai satisfazer, porventura irão sentir alguns remorsos por manipularem constantemente as mulheres (como é o caso dos pick up artists).

Se lerem o livro "The Game" do Neil Strauss, apesar de lá não estar escrito isso, irão percepcionar isso mesmo. Vê-se que o Mystery (o "mestre" do neil) tem problemas de auto-confiança, etc... etc e uma forma de se valorizar é ser um Pick Up artist.

Por outro lado os ensinamentos destes Pick Up artists podem ser usados também por aqueles que procuram qualidade.

A cocky comedy do David DeAngelo é poderosa, podemos usá-la não de um modo manipulador, mas de um modo que contribua para a interacção com as mulheres.

Por outro lado existem métodos, como o Mystery Method do Mystery que são extremamente manipuladores.

O meu conselho é que procurem saber todos estes métodos dos Pick Up artists, mas usem-nos de um modo não manipulador. Por exemplo, podem saber como projectar a voz, qual a melhor postura ao andar, entre outros. E isso não é manipulador, apenas torna-os melhores. É evolução pessoal.

Cumprimentos,
Marco Sousa

Tom disse...

Olá meu David, faz algum tempo que venho estudando evolução pessoal e atração natural, certamente que tive meu contato com o mundo pua, desde o começo me pareceu como tomar um leite azêdo, acompanho seu blog faz alguns meses e você está de parabens, manipular as pessoas só mostra o quanto alguemé inseguro e imaturo mas os homens estão tão esfomeados que não conseguem mais enxergar um palmo adiante. Claro que tambêm aprendi coisas importantes.. linguagem corporal (meu tema preferido) mas principalmente aprendi que ser verdadeiro consigo mesmo é o melho caminho... é a peneira social... seja na amizade, relacionamentos ou campo profissional. Uma mensagem a quem está no mundo pua... conhece a ti mesmo,mude a ti mesmo e não aos outros, olhe para dentro de si e encontrará a chave para ser um homem de verdade e naturalmente atraente.. um abraço a todos e parabens ao David

David Veríssimo disse...

Olá Mónica,

Hmmm...não sei bem se hei-de considerar isso um insulto ou um elogio...a única coisa de que tenho a certeza é que és mesmo mulher. Porquê? Pela capacidade que tens de confundir os homens. :)

Quanto ao teu comentário tenho a dizer que, nem todas as pessoas são previsíveis mas, de facto, a esmagadora maioria, é. Obviamente não estou a querer dizer que temos que ser todos uns gandas malucos e fazermos sempre o que menos se espera de nós só para podermos dizer que não somos nada previsíveis...nesse caso estaríamos a ser igualmente previsíveis (se é que me faço entender). O que eu digo é que, quando é chegada a altura em que precisamos de trilhar o nosso próprio caminho, não tenhamos medo de o fazer. Não nos importemos com o que o resto do mundo acha disso e sigamos simplesmente a nossa consciência.

Todos os génios da história da humanidade eram imprevisíveis e tiveram a coragem de ser diferentes de tudo o que havia na altura. Foi essa imprevisibilidade que os elevou a um patamar superior.

Portanto, o contrário de “previsibilidade” não é “imprevisibilidade”, é “coragem”.

A maioria das mulheres fisicamente muito atraentes, ignora a maior parte dos homens que vão meter conversa com ela porque tem MEDO de encontrar “o do costume”. Aquele que lhe faz passar grandes secas e passa a noite a pedir-lhe o número de telemóvel e, se o consegue, liga-lhe todos os dias a dizer como são os lindos olhos dela. Se em muitos casos, ela consegue perceber só de olhar para ele que se trata de um homem desses, nos que não consegue ela mesmo assim não tem a CORAGEM de tentar. De ser diferente. De ser...imprevisível...

David Veríssimo disse...

Já agora deixo aqui uma pequena dica para todas as mulheres que querem saber se um homem está a ser sincero nas suas palavras ou não.

Quando ele disser o típico "Tens uns olhos lindos" faz uma coisa muito simples: Fecha os olhos e pergunta-lhe calmamente "De que cor são os meus olhos?"

Provavelmente muitos já não estarão lá quando abrires os olhos...

David Veríssimo disse...

Marco,

Muito obrigado pelas tuas palavras.
Vejo que és uma pessoa com um longo caminho de evolução que já passou pela era “pick up”. Vejo também que sobrevives-te vivo e “não alienado”.

Talvez um dos problemas dos pick up artists seja o virem a sentir remorsos mas mesmo para os que não sabem o que isso é, existe um problema bem maior: A manipulação vai acabar por nunca os levar a lado nenhum.

Manipulação só atrai pessoas manipuladoras tal como a violência atrai pessoas violentas e o fogo cria e atrai mais fogo ainda.

A única forma de atrair uma mulher de qualidade é SER um homem de qualidade. Não há atalhos nem fórmulas mágicas. Por isso ele vai sentir, como eu me sentia na era pick up, ele vai sentir que é tudo muito bonito mas há “algo” que não bate certo naquela história. Há um peça da engrenagem que não encaixa. Depois, das duas uma: Ou ele tem a coragem de ser honesto com ele próprio ou ele continua a rodar com o “carro” como se não fosse nada, enquanto faz aquele estranho barulho no motor...

Uma mulher de qualidade nunca na vida se sentirá atraída por um pick up artist porque uma mulher de qualidade cheira-os à distância. Mesmo que não cheirasse, as técnicas de manipulação simplesmente não funcionam numa pessoa com um alto nível de consciência. Ele pode tentar, como é costume, deitar abaixo a auto-estima da uma mulher com o intuito de a fazer sentir-se insegura e tentar amansá-la e deitá-la no colinho como a uma gata mas a auto-estima dela não pode ser deitada abaixo pois não é construída com nenhum tipo de validações exteriores.

O exemplo da cocky-comedy é excelente. Uma coisa é eu dizer uma piada já pensada com 5 meses de antecedência e com o claro intuito de manipular e de OBTER algo dela, outra completamente diferente é eu dizer uma piada relacionada com o momento presente que os dois estamos a viver e com o claro intuito de PARTILHAR um momento de diversão.

Um brinde às mulheres de qualidade!

Obrigado pelo teu comentário.

David Veríssimo disse...

Mais um veterano da guerra pua :)

TOM, obrigado por este comentário inspirador. Eu não diria melhor.

Tudo se resume mesmo a sermos sinceros, honestos e verdadeiros connosco e com todas as pessoas que entram na nossa vida. O resto vem por acréscimo.

Um grande abraço

Anónimo disse...

Olá David,
Queria esclarecer que não tenho nada contra a previsibilidade, em algumas coisas até é reconfortante:). A parte da coragem de ser diferente, concordo parcialmente, nesta questão penso que quando uma pessoa é diferente, é mesmo, nota-se logo no comportamento, no olhar, em qualquer coisa, não consegue evitá-lo. Não será propriamente uma questão de coragem, por isso os grandes génios da humanidade foram isso mesmo, não conseguiriam ser de outra maneira...O que requer coragem é continuar em frente apesar disso, não te deixares acomodar apenas por se tornar mais fácil não ser diferente. Como diz o mestre Osho "A multidão nunca perdoa aos estranhos", e isto é que é lixado.
Resumindo, às vezes não é uma questão de falta de coragem, mas sim de cansaço...
E por falar em confundir, fiquei com uma dúvida na última parte do teu comentário, uma mulher de qualidade é sinónimo de "fisicamente muito atraente"??
:-P
mónica

David Veríssimo disse...

Mónica,

É precisamente por ser reconfortante que não é o caminho certo...

Se pensares na tua vida vais reparar que quando encontras-te uma bifurcação no caminho, a escolha certa era, geralmente, o caminho mais difícil de percorrer. Porquê? Porque o caminho da evolução pessoal é um caminho de coragem, é um caminho em que tens de te obrigar consciente e constantemente a por as tuas capacidades à prova. Só assim se pode evoluir. Escolher a saída fácil ou reconfortante não vai fazer nada por ti.

No caminho do guerreiro da luz não há redes penduradas em árvores nem cocktails de maracujá com baunilha.

Embora, a previsibilidade seja, por vezes e de certa forma, inevitável, é exactamente por isso que nunca podes baixar os braços nem ter grande conforto.

Se à partida, esta visão não é lá muito apelativa, depressa este modo de vida se entranha em ti e depressa vais entender que os ganhos superam 1000 vezes os gastos.

Talvez se note quando uma pessoa é diferente mas a questão não é essa. Eu referia-me a todas as pessoas que têm potencial para serem pessoas de qualidade mas não têm a coragem de seguir a sua consciência. Não existem 2 pessoas iguais no mundo, no entanto, se olharmos para o mundo vemos cópias aos milhões. Isto acontece porque no intuito de se sentirem “reconfortadas”, compreendidas, seguras, etc, as pessoas imitam-se e espelham-se umas às outras. É por isso que vês os famosos na TV a fazer anúncios a bancos e a produtos com El Casei Imunitasse.

Os anunciantes pagam rios de dinheiro a essas pessoas porque sabem que “a manada” vai fazer o que o Sr famoso diz que faz. Se ele faz é porque deve ser bom...Esta é a saída fácil: Imitar. A saída difícil de evolução pessoal é outra: É ser diferente, ser único é pensar pela própria cabeça e ser imprevisível no sentido em que não se faz o que toda a gente faz só para se sentir seguro e confortável. Foi isto que eu quis dizer quando falei em imprevisibilidade Mónica.

Também é fácil pensar que os génios da humanidade viveram da forma que viveram pois seria natural para eles e de algum modo “inevitável” que assim fosse mas isso é puro desconhecimento da realidade. Os média mostram só o lado bonito dessas pessoas e retiram-lhes o lado humano como se eles fossem deuses.

Feliz ou infelizmente eles eram pessoas normais, como tu e como eu.

Há um grande desconhecimento quanto às dificuldades que todos eles tiveram. Desde Henry Ford que foi completamente humilhado em praça pública quando inventou o primeiro automóvel e não só foi chamado de “pacifista ignorante” (por ter muito pouca escolaridade) nos jornais como teve de “provar” em frente de um tribunal que não o era até Thomas Edison que com menos de 3 meses de escolaridade passou de um Zé Niguém Lunático que nunca inventaria nada de jeito a um dos maiores inventores de todos os tempos. A maioria das pessoas só conhece o lado bom dos famosos em geral. Praticamente ninguém conhece a fantástica história do actor Silvester Stallone por exemplo...sabem que ele teve muito êxito e adoram o filme Rocky e bla bla bla mas depois não sabem o que ele passou e as escolhas de coragem que teve de fazer para chegar onde está hoje.

A verdade é que eles conseguiam ser de outra maneira sim, simplesmente ESCOLHERAM ser como foram. Foi uma escolha CONSCIENTE e uma escolha DIFICIL DE SEGUIR para todos eles sem excepção. Se pensas que existem pessoas predestinadas a ser pessoas de qualidade ou génios ou o que for, permite-me que te diga que estás redondamente enganada.

Nós, como estamos “distanciados” da vida que eles tiveram tendemos a pensar que eles foram “especiais” de alguma maneira mas a única faceta especial deles foi a de escolherem corajosamente ser diferentes, genuínos, imprevisíveis e fiéis a si próprios.

David Veríssimo disse...

Relativamente à tua dúvida, é óbvio que uma mulher de qualidade não é sinónimo de "fisicamente muito atraente", nem pouco mais ou menos. :)

Eu até disse que a maioria tem medo de ser quem é e não tem a coragem para seguir a sua consciência...ora, falta de coragem para superar medos infundados = falta de qualidade.

Se queres saber eu até acho o contrário. As mulheres particularmente bonitas são bombardeadas diariamente com razões para escolher o caminho fácil o que faz com que escolham esse caminho mais vezes.

É muito mais fácil encontrar qualidade numa mulher não tão bonita fisicamente.

Estou eu a dizer que a beleza não importa?

Estou eu a dizer que é preferível ser feia a ser bonita?

Não, não estou.

Estou a dizer que é pura lei das probabilidades e que o corpo é apenas uma das 3 (ou, se quisermos, 4) dimensões do ser humano. Não tem uma importância desmedida nem microscópica, tem a importância que as pessoas lhe dão.

Obrigado pela tua questão.

romario disse...

eu quero quantidades para,depois qualidade.